Cuscuz nordestino


Aqui em casa nós fazemos jantares temáticos, tipo: a noite da tapioca, a noite do cuscuz, a noite do cachorro quente e aí nos divertimos cozinhando, inventando e experimentando sabores novos. É uma farra deliciosa e sempre que faço cuscuz nordestino todos querem saber como fazer, e posso garantir é facinho.

O prato é muito comum em Pernambuco e aceita diversos recheios. Vamos a receita.

CUSCUZ NORDESTINO


Facebook/tapioquinha da vovó

O QUE USAR:
2 xícaras de massa para cuscuz
Uma pitada de sal
1 xícara de água

COMO FAZER:
Misture a massa de cuscuz e o sal, depois regue aos poucos a massa de cuscuz com a água, até ficar todo molhado, mas não deixe encharcar demais (foto 2). Deixe descansar por 30 minutos, você vai perceber que a massa dobra de tamanho e fica bem flocada. Depois só é colocar numa cuscuzeira (eu já usei estas da foto) e cozinhar por aproximadamente 10 a 15 minutos.
Esta pronto o seu cuscuz nordestino, mais fácil do que isto só dois disto.



#PULODOGATO
1) Eu só uso a massa de cuscuz flocão (foto 1), deixa mais soltinho e macio, já experimentei várias outras.
2) para saber se você colocou água suficiente no cuscuz, aperte a massa e veja se a massa fica unida sem escorrer água entre os dedos.
3) Se tiver água acumulada no fundo do recipiente, você exagerou na quantidade, para resolver isso coloque um pouco mais de massa.
4) Para saber o ponto certo de cozimento, veja com um garfo se o cuscuz está macio e grudadinho, se estiver seu cuscuz está no ponto de comer.
5) Para rechear coloque camadas de massa, recheio, massa... Lembre-se de que deve começar com a massa e terminar com a massa.
6) A massa de cuscuz também pode ficar de um dia para o outro hidratando na geladeira, deixa o cuscuz mais fofinho. (eu coloco pra hidratar a noite e de faço no café da manhã, como com requeijão, hummmm)

Bom pessoas, esse cuscuz é delicioso e com recheio fica divino, ele pode ser servido como prato único ou como acompanhamento de carnes. Eu adoro fazer com recheio de queijos, carne de charque, picanha na pressão (foto) e carne de sol.
Esse cuscuz recheado com charque da foto é vendido em Gravatá na Tapioquinha da Vovó, quem estiver por perto dá uma passada lá e experimenta vocês vão adorar.






2 comentários:

  1. òtima dica , vou fazer o teste , colocar na geladeira um dia antes . Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por suas receitas deliciosas, continue compartilhando,nos ensinando esta sabedoria culinária. Deus te abençoe.

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu recadinho pra Dona Concha. Beijos